Sobre Recife

Cidade de Recife

Recife é um município brasileiro, capital do estado de Pernambuco. Pertence à Mesorregião Metropolitana do Recife e a Microrregião de Recife. Com uma área de aproximadamente 217km2, está localizado às margens do oceano Atlântico, e possui uma população de 1.536.934 pessoas. É sede da Região Metropolitana do Recife, a maior aglomeração urbana do Nordeste brasileiro e quinta maior do país, com 3,7 milhões de habitantes. Classificada pelo IBGE como uma metrópole regional, o Grande Recife é a área metropolitana de maior densidade populacional do Nordeste brasileiro e terceira mais densamente habitada do país, superada apenas por São Paulo e Rio de Janeiro, além de possuir a quarta maior rede urbana do Brasil em população.

A metrópole desempenha um forte papel centralizador em seu estado e região, abrigando grande número de sedes regionais e nacionais de instituições e empresas públicas e privadas, como o Comando Militar do Nordeste, o TRF da 5ª Região, a SUDENE, a Superintendência Regional Nordeste da Infraero, a TV Globo Nordeste, a Eletrobras Chesf, a Queiroz Galvão, entre outras, e com uma área de influência que abrange outras capitais, como João Pessoa, Maceió, Natal e Aracaju. Inclui, além da capital pernambucana, mais 14 cidades do Grande Recife, concentrando 65% do PIB estadual.

A cidade de Recife foi eleita por pesquisa encomendada pela MasterCard Worldwide como uma das 65 cidades com economia mais desenvolvida dos mercados emergentes no mundo. Apenas cinco cidades brasileiras entraram na lista, tendo Recife recebido a quarta posição, após São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília e à frente de Curitiba.

Destaca-se por possuir o maior parque tecnológico do Brasil, o Porto Digital; o maior número de consulados estrangeiros fora do eixo Rio-São Paulo, sendo inclusive a única cidade, com exceção de São Paulo e do Rio de Janeiro, que tem consulado dos Estados Unidos; o mais importante polo médico do Norte-Nordeste; o mais moderno aeroporto do Norte-Nordeste, o Aeroporto Internacional dos Guararapes; o maior PIB per capita entre as capitais da Região Nordeste; uma forte indústria de construção civil: a cidade detém grande número de arranha-céus em comparação a outras capitais do país; e sua região metropolitana, o Complexo Industrial de Suape, que abriga, entre outros empreendimentos, o maior estaleiro do Hemisfério Sul.

Com um grande potencial turístico e forte vocação para o turismo de negócios, frequentemente é escolhida como sede de diversos eventos, como simpósios, jornadas e congressos.

O nome "Recife" provém da palavra arrecife, grande barreira rochosa de arenito (recifes) que se estende por toda a sua costa, formando piscinas naturais. Geralmente, o nome do município dentro de frases é antecedido de artigo masculino, como acontece com os municípios do Rio de Janeiro, do Crato, do Cabo de Santo Agostinho e outros. A esse respeito, muitos intelectuais recifenses e pernambucanos já se pronunciaram, entre eles Gilberto Freyre, em seu livro O Recife, sim! Recife, não!, em 1960. Sobre o tema se pronunciou o historiador pernambucano José Antônio Gonçalves de Melo: "Porque se originou de um acidente geográfico - o recife ou o arrecife - a designação do Recife não prescinde do artigo definido masculino: O Recife e nunca Recife." Por outro lado, o gramático Napoleão Mendes de Almeida afirma em longo arrazoado que não se deve usar o artigo definido para fazer referência à cidade, mas apenas ao bairro homônimo: "o bairro do Recife na cidade de Recife".

Economia

O Recife registrou um PIB de 22,4 bilhões de reais em 2008. O PIB per capita da cidade atingiu 14.485 reais. Dois terços do PIB são provenientes de comércio e serviços. O PIB da cidade corresponde a um terço do PIB total do estado. O Recife pertence ao Mercado Comum de Cidades do Mercosul. Destaca-se no setor de serviços, que representa mais de 60% de participação do PIB. O setor de impostos registra percentagem de 18%. Em seguida vem o setor industrial, quase 15%.

O Recife tem o mais importante polo médico do Norte/Nordeste e o segundo mais importante do Brasil. É formado por 417 hospitais e clínicas e possui um total de 8,2 mil leitos. Os principais hospitais do polo estão nos bairros do Derby e da Ilha do Leite.
Principalmente por conta do Porto Digital, que abriga diversas empresas, a cidade é considerada um dos mais importantes polos de tecnologias da informação do Brasil em quantidade de empresas e faturamento. O Porto Digital, que abriga cerca de cem empresas, entre elas multinacionais como Accenture, Microsoft, Motorola, Borland, Informe Air, Oracle, Sun e Nokia, é reconhecido pela A. T. Kearny como o maior parque tecnológico do Brasil em faturamento e número de empresas, gerando três mil empregos e participando com 3,5% do PIB do Estado de Pernambuco.

O Shopping Center Recife, o segundo maior centro de compras do Norte/Nordeste. Conta com 465 lojas, sendo 9 âncoras e 6 megalojas, 5.000 vagas de estacionamento, 10 salas de cinema UCI Multiplex, 17 restaurantes e 4 praças de alimentação. Nele está localizado o Pátio das Esculturas, uma área de exposições múltiplas. Há também os centros de compra Shopping Center Tacaruna, Plaza Shopping Casa Forte, Shopping Paço Alfândega e Shopping Boa Vista.

O Recife foi eleito por pesquisa encomendada pela MasterCard Worldwide como uma das 65 cidades com economia mais desenvolvida dos mercados emergentes no mundo. Apenas cinco capitais brasileiras entraram na lista: São Paulo, que foi a cidade brasileira mais bem colocada, na 12ª posição; Rio de Janeiro (36ª posição); Brasília (42ª); Recife (47ª); e por último Curitiba (49ª). Xangai e Pequim, na China, ocuparam as duas primeiras posições. Para compor o índice que elegeu as cidades com economia mais avançada nos mercados emergentes, foram considerados o ambiente econômico e comercial; crescimento e desenvolvimento econômico; ambiente de negócios; ambiente de serviços financeiros, conectividade comercial; conectividade de educação e TI; qualidade de vida urbana; risco e segurança.

Educação

O Recife conta com importantes Universidades públicas e privadas, estando a UFPE entre as 10 melhores Universidades do Brasil e entre as 20 melhores universidades da América Latina segundo o Webometrics Ranking of World Universities 2011, à frente de universidades conceituadas como a Universidade de Concepción, a Universidade Federal Fluminense e a PUC-RS.

A Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco obteve aproveitamento de 78,57% no Exame de Ordem (2011.1), inferior apenas ao curso de Direito da Universidade Federal do Espírito Santo. Nela importantes nomes da história brasileira estudaram, destacando, dentre inúmeros outros expoentes, Barão do Rio Branco, Castro Alves, Clóvis Bevilaqua, Tobias Barreto, Joaquim Nabuco, Eusébio de Queirós, Teixeira de Freitas, Marquês de Paraná, Epitácio Pessoa, Assis Chateaubriand, José Lins do Rego e Pontes de Miranda.

A cidade ainda possui o IFPE (pertencente à Rede Federal de Educação Tecnológica e situada ao lado do Campus da UFPE), a ETEPAM, escola técnica estadual e o Ginásio Pernambucano que funciona como um centro de ensino experimental.

Mais de 144 mil estudantes estão matriculados nas Escolas municipais do Recife. No Ensino Fundamental municipal a matrícula é de quase cem mil crianças, e as duas escolas do Ensino Médio municipais contam com aproximadamente 2 mil estudantes. A Educação de Jovens e Adultos (EJA) possui mais de 25 mil estudantes, a maioria em horário noturno.

No ano de 2003, segundo dados do IBGE, Recife possuía 282.305 alunos matriculados, com 12.097 lecionando. Neste mesmo ano, o Ensino Médio possuía matrícula de 97.687 alunos, com 5.262 docentes.

Analfabetismo
Apesar de ter havido uma redução, a taxa de analfabetismo de pessoas com mais de 15 anos de idade ainda é alta em comparação com algumas capitais brasileiras. Em 2003, 10,6% das pessoas com mais de 15 anos ainda era analfabeta. Em 2010, esse índice era de 7,13% o que indica uma queda significativa, porém insuficiente para ser considerada uma cidade livre do analfabetismo segundo o MEC.

Saúde

Recife possui uma complexa rede de serviços no setor público, ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Existem 118 Unidades básicas de Saúde, estabelecidas na maioria dos bairros da cidade, que ofertam consultas médicas (Criança, Adulto, Idoso), vacinação, pré-natal, planejamento familiar e exame ginecológico. Cerca de metade destas unidades também oferecem consultas odontológicas. As unidades básicas funcionam de 7:30 às 17:00.

Os serviços públicos de urgência 24h realizam atendimento nas áreas de clínica geral, ortopedia e pediatria. São 04 Unidades de Pronto-atendimento (UPAs) localizadas em pontos de fácil de acesso (Av. Caxangá, Av. Abdias de Carvalho, Imbiribeira e Nova Descoberta). Além destas, existem 05 Policlínicas 24h que realizam atendimento semelhantes e estão localizadas nos bairros de Casa Amarela Afogados, Parnamirim (apenas pediatria), Campina do Barreto (Recife) e Ibura. Pessoas com suspeita de infarto ou outro problema cardiológico também podem se dirigir ao Pronto-Socorro Cardiológico de Pernambuco (PROCAPE), unidade de atendimento do SUS e segundo maior hospital de cardiologia da América Latina.

O maior hospital público do município é o Hospital da Restauração. Outros hospitais importantes são: Hospital Ulysses Pernambucano, segundo hospital psiquiátrico do Brasil; Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco; e Hospital Universitário Oswaldo Cruz, sendo os dois últimos grandes hospitais universitários. O Recife tem um total de 8.875 leitos hospitalares, dos quais 6.037 disponíveis para pacientes do Sistema Único de Saúde. Hospital da Restauração, maior emergência pública e mais complexo serviço de urgência e trauma do Norte-Nordeste, recebendo pacientes de todo o estado e de estados vizinhos. O Hospital da Restauração, referência nas áreas de trauma, neurocirurgia, neurologia, cirurgia geral, clínica médica e ortopedia, possui 482 leitos registrados no Ministério da Saúde (MS), mas, incluindo os extras, funciona com um total de 723 leitos para atender a demanda que lhe é submetida. Desde junho de 2010, a antiga Emergência Geral foi desmembrada em três emergências com entradas e espaços independentes: Emergência Pediátrica, Emergência Traumatológica e Emergência Clínica. Os hospitais particulares do Recife, equipados com máquinas de última geração, fazem da capital pernambucana o segundo maior polo médico e hospitalar do Brasil.

Em 2007, de acordo com a Prefeitura do Recife, a mortalidade infantil na capital pernambucana era de 13,0 p/mil.

Metrô

Recife figura entre as metrópoles brasileiras que possuem transporte público sobre trilhos. Além da capital, o sistema atende os municípios de Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe e Jaboatão dos Guararapes.

Os 71 quilômetros de extensão da malha são distribuídos em três ramais, além do VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos). Ao todo, são 36 estações entre as linhas Centro 1, Centro 2, Sul e VLT. O Metrô do Recife atende 400 mil pessoas diariamente.

Para homenagear a comunidade de moradores desta maravilhosa cidade, o Encontra Pernambuco criou o Encontra Recife .

Fonte: Wikipedia

Blog do Guia da Cidade de Recife

Receba notícias por e-mail
Cadastre-se e receba notícias de Recife por email
 

Limites - Cidades Vizinhas

Jaboatão dos Guararapes, São Lourenço da Mata, Camaragibe, Paulista e Olinda.

Dados Principais sobre Recife

Aniversário: 12 de março
Fundação : 1537
Gentílico: Recifense
Area: 217 494 Km²
População 1 546 516 hab. (2011)
IDH 0,797 - médio
Prefeitura Recife

Brasão de Recife
Brasão de Recife

Bandeira de Recife
Bandeira de Recife

Vídeo sobre a cidade de Recife

Mapa de Recife

 

Moradores ilustres de Recife

 

   

  Sobre o EncontraRecife
Fale com EncontraRecife
ANUNCIE: Com Destaque | Anuncie Grátis

siga o Encontra Recife no Facebook siga o Encontra Recife no Twitter Encontra Recife no Google+


Termos do Serviço | Política de Privacidade